Posted on Deixe um comentário

V Trilho do Fundador Prof. Orlando Lemos

A ERDAL – Escola de Referência Desportiva de Desportos de Ar Livre promove no dia 11 de novembro, em Guimarães, o V Trilho do Fundador / Profº Orlando Lemos. A iniciativa, promovida com o apoio da Associação de Ciclismo do Minho, integra um percurso de BTT (40 Kms), um mini-trilho (20 kms) e uma caminhada (7 kms).

A iniciativa tem um cariz solidário e as inscrições devem ser formalizadas online (aqui).

 

Aberto à participação de todos os interessados, o V Trilho do Fundador / Profº Orlando Lemos terá início às 9 horas no Campo de São Mamede.
A iniciativa oferece as opções de participação no Trilho de BTT (40Kms – grau de dificuldade 4), Mini trilho de BTT (20Kms – grau de dificuldade 2) e caminhada (7Kms).

As inscrições devem ser efetuadas até ao dia 10 de novembro e têm o custo de 7,5 euros (Trilho de BTT e Mini Trilho) e de 3 euros caminhada, havendo a possibilidade de aquisição do pack especial (inscrição + jersey) pelo valor de 20 euros. A inscrição inclui seguro de acidentes pessoal, reforço, dorsal e banho.

Na quinta edição do Trilho do Fundador a Erdal contribuirá com 1 euro por inscrição para a neta do fundador da Erdal (Profº Orlando Lemos) a menina Rafinha que, vítima de uma doença congénita, precisa de apoio para os seus tratamentos e cuja situação pessoal e de saúde poderá ser consultada nos seguintes links: https://www.facebook.com/donate/321177028618484 e https://www.facebook.com/My-life-My-blog-301854070367062.

A ERDAL é uma associação sem fins lucrativos, com sede em Guimarães, que visa a promoção de atividades de natureza desportiva, cultural e recreativa e o desenvolvimento do processo educativo escolar. Tendo como associados fundadores as Escolas AE João de Meira, AE Santos Simões, Escola Secundária Martins Sarmento, AE Francisco de Holanda, EB2,3 Fernando Távora e o Colégio do Ave, a ERDAL privilegia na sua atuação a prática de desportos de ar livre e a intervenção junto de jovens com necessidades educativas especiais e economicamente carenciados.

Alargando o seu âmbito de atuação à comunidade em geral, a ERDAL tem desenvolvido projetos em parceria com diversas entidades, entre as quais a Associação de Ciclismo do Minho, Associação Vimaranense de Ecologia, Laboratório da Paisagem, Massa Crítica, Tempo Livre, Juntas de Freguesia e Município de Guimarães. São exemplos da atividade da ERDAL, a par das ações empreendidas no âmbito do desporto escolar, as iniciativas “Guimarães a Pedalar”, “Jornadas de Ciclismo” e as “Jornadas Desportivas da Erdal”, Estágios de Natal e de Páscoa, o Trail da Erdal, entre outras.

Com sede na Rua Calouste Gulbenkian, em Guimarães (Agrupamento de Escolas Professor João de Meira), A ERDAL admite como associados, individuais e coletivos, todos quantos se revejam nos seus objetivos e nutram o gosto pela prática desportiva.

 

Fonte: www.acm.pt

Posted on Deixe um comentário

Apoiar Luís Costa – Atleta Olímpico

O Paraciclista Luís Costa precisa de um Quadro de Carbono para os Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro 2016 e está a procurar apoios para conseguir reunir a verba necessária.

O Luís foi 7º no Ranking Mundial UCI em 2015 na classe H5.

Transcrevemos aqui o seu apelo:

“Depois de analisar muito bem a situação que envolve a minha intenção de adquirir um quadro de carbono para a minha handbike, tendo em vista aumentar as minhas possibilidades de lutar por uma boa classificação nos Jogos Paralímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, tive que optar pela angariação direta em vez do “crowdfunding”…
E explico porquê:
Preciso de um conjunto totalmente em carbono composto por quadro, forqueta e bielas, pelo qual me são pedidos 10.000€ mais IVA (21% em Espanha, logo perfaz um total de 12.100€). Os restantes componentes serão aproveitados da minha actual handbike: rodas de carbono, mudanças eléctricas, transmissão, travões.
A empresa que vai fabricar o quadro, a “CarbonMaster”, prevê um prazo máximo de 6 meses para fabricar o artigo.
Optando pelo “crowdfunding”, teria que colocar no projecto um prazo final de angariação (o máximo admitido são 60 dias) e SÓ APÓS ESTE PRAZO e SÓ CASO O VALOR DE 12100€ FOSSE ATINGIDO, teria acesso ao dinheiro, ou seja, para além de não ter em breve os 50% para poder iniciar o fabrico do quadro, ainda corria o risco dos 12.100€ não serem atingidos nos 60 dias da angariação e assim não recebia nada, pois nessa situação todos os donativos são devolvidos aos doadores, o que acho bem numa situação normal, mas neste caso ia-me deixar em maus lençóis, pois deitaria por terra as minhas esperanças de ter o quadro em tempo útil.
Assim, pela doação direta na minha conta, creio que mais rapidamente terei o dinheiro que me falta para poder iniciar o fabrico do quadro e tendo fé na boa vontade de tantas pessoas que regularmente me apoiam e acompanham o meu percurso desportivo, chegaremos em tempo útil aos 12.100€00 necessários para pagar o “brinquedo”. As viagens a Bilbao para fazer o molde e outras afinações, ficam por minha conta.
Não é tão seguro (para quem faz o donativo) como o “crowdfunding”, mas terão que confiar em mim uma vez mais.
Porquê a necessidade de gastar tanto dinheiro? Este novo quadro permitirá uma redução estimada de aprox. 4 kg em relação à handbike que agora utilizo. Acho que não é preciso dizer mais nada, pois não?
Querem aumentar consideravelmente as hipóteses do único representante do paraciclismo português nos Jogos Paralímpicos Rio 2016 discutir um lugar entre os primeiros? Pois bem, ajudem-me com o vosso donativo para a conta abaixo indicada, partilhem esta publicação e convidem os vossos amigos para colocarem um gosto na minha página! O saldo da conta será publicado regularmente.”

 

NIB: 0018 0003 2356 1962 0206 3
IBAN: PT50 0018 0003 2356 1962 0206 3
BIC: TOTAPTPL
Ou por Paypal – luis.lmpkosta@gmail.com

Mais informação na página oficial do Luís Costa no Facebook: aqui.

Posted on Deixe um comentário

GR22 – Aldeias Históricas de Portugal – Mapa de Percursos

As Aldeias Históricas de Portugal lançaram em Fevereiro (2015) um livro sobre a GR22 com o título “GR22 – Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal”. A GR22 é um percurso que interliga 12 aldeias, na região da Guarda, com um traçado circular de cerca de 565Km e uma variante de 40Km que permite dividi-la em 2. Todo o percurso é ciclável.

Continuar a ler GR22 – Aldeias Históricas de Portugal – Mapa de Percursos

Posted on Deixe um comentário

GRZ – Grande Rota do Rio Zêzere

Já sabem onde vão dar a volta no próximo fim de semana?

A Grande Rota do Rio Zêzere tem a extensão de 370 Km e acompanha o Rio Zêzere desde a nascente (Serra da Estrela – Concelho de Manteigas) até desaguar no Rio Tejo (Constância).  O percurso percorre 13 concelhos passando por importantes marcas nacionais: Serra da Estrela, Castelo de Bode e Rio Tejo.

A estrutura foi desenhada para ser multimodal podendo ser realizada a pé, de bicicleta ou de canoa e de forma contínua ou encadeada, por troços ou mesmo por circuitos multimodais recorrendo a mais de uma disciplina. Para implementar esta característica multimodal foram criadas 13 inovadoras Estações Intermodais.

Continuar a ler GRZ – Grande Rota do Rio Zêzere